Moradores de São Gabriel da Palha ganham Escola Móvel Sesi/Senai/IEL

E-mail Imprimir

 

Unidade qualificará moradores da região em diferentes cursos no período de um ano

 

Inaugurada na cidade de São Gabriel da Palha na última sexta-feira, dia 30 de julho, a Escola Móvel Sesi/Senai/IEL qualificará moradores em quatro diferentes profissões, nas áreas de Eletricidade, Informática, Mecânica e Vestuário. A unidade ficará no município pelos próximos 12 meses. A solenidade inaugural contou a presença do presidente do Sistema Findes, Marcos Guerra, do governador do Estado, Paulo Hartung, da prefeita municipal, Célia Ferreira, e de lideranças políticas e empresariais de todo o norte do Estado.

 

Inicialmente, a Escola Móvel em São Gabriel da Palha ministrará cursos de “Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão”, com 80 vagas; “Operador de Computador”, com 28 vagas; “Mecânico de Motores Ciclo Otto”, com 40 vagas; e “Costureiro Industrial do Vestuário Tecido Plano”, também com 40 vagas disponíveis. As inscrições podem ser realizadas na própria escola.

 

 

A solenidade inaugural contou com a participação de lideranças políticas e empresariais de todo o norte do Estado

 

Durante o evento, o governador Paulo Hartung afirmou que o presidente da Findes, Marcos Guerra, tem desempenhado um trabalho extraordinário com a interiorização das ações da Federação das Indústrias, principalmente na área da educação, o que permite qualificar a população e igualar oportunidades para os capixabas.

 

“Muito importante esse trabalho de formação profissional. A crise socioeconômica que vivenciamos é dura. No país, estamos com mais de 14 milhões de desempregados. Mas isso vai passar, não adiantam as lamentações. O que resolve a vida é atitude. Temos que aproveitar esse momento para nos prepararmos para as oportunidades do pós crise”, ponderou Paulo Hartung.

 

 

“Com a chegada da Escola Móvel a São Gabriel, nós conseguiremos atender às indústrias qualificando mão de obra local”, destacou o presidente do Sistema Findes, Marcos Guerra

 

De acordo com Marcos Guerra, as ações de interiorização têm atendido ao setor industrial em todo o território capixaba. “Entendo que o Sistema Findes deve suprir as necessidades da indústria capixaba. Temos que chegar onde o trabalhador está, onde tem gente que precisa se qualificar e, consequentemente, ajudar a melhorar a competitividade da indústria, esteja ela onde estiver. Com a chegada da Escola Móvel a São Gabriel, nós conseguiremos atender às indústrias qualificando mão de obra local, ao mesmo tempo que oferecemos oportunidades de geração de emprego e renda para a população de maneira geral”, enfatizou.

 

Para o vice-presidente institucional da Findes em Colatina e região, Manoel Antonio Giacomin, a Escola Móvel chega num bom momento à cidade de São Gabriel da Palha. “O município, com cerca de 37 mil habitantes, tem forte vocação industrial, setor que representa 26,8% do total de empresas aqui instaladas. Já atendemos à indústria local com uma Agência de Treinamento Municipal (ATM). A Escola Móvel vem para oferecer mais oportunidades, com mais cursos para a população”.

 

 

O vice-presidente institucional da Findes em Colatina e região, Manoel Antonio Giacomin, comemorou mais esse investimento para o noroeste capixaba

 

Os interessados em se qualificar com certificado Sesi/Senai/IEL deverão levar a ficha de matrícula preenchida, com a cópia simples do RG (frente e verso), cópia simples do CPF, cópia simples do comprovante de residência atual, comprovante de escolaridade ou autodeclaração de compatibilidade, considerando os pré-requisitos do curso.

 

 

A aluna do curso de Costura Jéssica Oliveira relatou a alegria em estudar na Escola Móvel. “Estou desempregada há cerca de um ano. Quando soube que a Escola Móvel Sesi/Senai/IEL viria para São Gabriel da Palha, logo vim fazer minha matrícula. Acredito que quando concluir o curso e adquirir o certificado do Senai, será mais fácil conquistar uma vaga de emprego nas indústrias da região”.

 

 

Já o eletricista de automóvel Julio César Storch disse que aprendeu a profissão na prática e agora quer aprender com conceitos e certificação do Senai. “Sou eletricista de automóvel, mas sem certificação. Quando soube da chegada do Senai em nossa cidade, não pensei duas vezes em me matricular no curso de Mecânico de Motos. Agora vou apreender corretamente. É uma oportunidade única ter esta escola aqui perto da gente. Vou tentar fazer outros cursos também”, enfatizou.

 

 

Por Milan Salviato