Industrial Alessio Baldo é nomeado patrono de Escola de Solda do Senai-ES Civit

E-mail Imprimir

Reconhecer figuras importantes para a indústria e preservar a memória do setor produtivo capixaba. Com esse objetivo, o presidente do Sistema Findes, Marcos Guerra, homenageou na última quinta-feira (20) o industrial Alessio Baldo, referência no setor metalmecânico, que dará nome à Escola de Solda e Alumínio do Senai Civit. O novo espaço, inaugurado em agosto de 2016, faz parte das obras de ampliação e modernização do Centro Integrado Sesi/Senai Jones Santos Neves Filho. Com prédio exclusivo, equipamentos modernos e 50 baias de soldagem, a escola é uma das maiores do país.

 

“Nossa gestão vem sendo marcada pelas ações de interiorização. Quando falamos em sair da Reta da Penha, não estamos nos referindo apenas às obras de Linhares, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, entre tantas outras, estamos falando de valorizar também a indústria que está em Vila Velha, Cariacica, Viana e Serra. A unidade do Civit é uma das melhores e mais modernas do Estado. Homenagear Alessio Baldo com um espaço tão nobre é valorizar sua história e sua contribuição para o setor de metalmecânica do Estado”, argumentou o presidente Marcos Guerra.

 

De acordo com o vice-presidente institucional da Findes em Serra e região, José Carlos Zanotelli, a homenagem ao industrial Alessio Baldo é fruto da história construída em favor da indústria capixaba. “Alessio é um pioneiro do setor, começou sua indústria em 1954, sem nenhuma instrução. É autodidata e se tornou um exemplo para todos nós. A homenagem que o Sistema Findes faz a este grande industrial do nosso município é merecida e muito nos orgulha”, destacou.

 

A Escola de Solda e Alumínio do Senai Civit existe desde 1982 e foi responsável pela formação de dezenas de milhares de alunos. Com a entrega das obras de duplicação, a Escola ganhou um espaço próprio, com 900 m², 50 baias de soldagem e equipamentos novos e modernos. “Foi um enorme avanço para esse tipo de atividade, que é fundamental para atender às demandas da indústria da região”, detalhou o gerente da unidade, Leonardo Afonso Mello.

 

Alessio Baldo

 

Nascido em 1938, no município de Castelo, região sul do Espírito Santo, Alessio Baldo iniciou sua carreira como empresário industrial ao abrir uma pequena serralheria em Governador Lindenberg, no ano de 1960. Dois anos depois, montou uma oficina para reparo de caminhões e automóveis em Nova Venécia. Expandindo rapidamente seus negócios, Alessio mudou-se para a Serra em 1977, onde montou uma indústria metalúrgica para atender às demandas da implantação da Companhia Siderúrgica de Tubarão – CST (atual ArcelorMittal). Com espírito empreendedor, o empresário diversificou seus negócios ao abrir uma indústria de equipamentos para fabricação de farinha e outra de componentes para equipamentos rodoviários. Atualmente, sua empresa se chama Indústria Mecânica Baldo, e atua fornecendo equipamentos para todo o Brasil.

 

Por Rafael Porto