Senai-ES é a destaque na sétima edição do “Marcas de Valor”

E-mail Imprimir

 

A entidade ficou em primeiro lugar no ranking na categoria “Escola profissionalizante”

 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) no Espírito Santo foi reconhecido pelos capixabas como a marca mais consolidada no segmento “Escola profissionalizante” dentro do “Marcas de Valor”. O projeto é uma consulta pública protagonizada pelo jornal “A Gazeta”, em parceira com o “Instituto Futura”, que visa a qualificar o comportamento dos consumidores. A solenidade em que serão apresentados todos os resultados dessa sétima edição da pesquisa será realizada nesta quinta-feira, dia 15 de dezembro, às 19h30, no Palácio da Cultura Sônia Cabral, no Centro de Vitória.

 

Segundo os promotores da ação, a metodologia desenvolvida para a averiguação teve como base estudos mercadológicos para calcular o valor das marcas mais admiradas entre os ouvidos, seguindo a premissa que uma marca forte e com valor significa que a empresa possui um propósito definido e um planejamento mais conceitual. Em 2016, a pesquisa envolveu 105 empresas, em 18 segmentos e 12 atributos, sendo realizada com 1.600 pessoas na Grande Vitória.

 

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes) e presidente do conselho regional do Senai-ES, Marcos Guerra, destaca como é importante investir na Educação: "Nossa gestão vem realizando o maior plano de investimentos do Sistema Findes, dando prioridade à educação, com obras de reforma, ampliação e modernização de nossas unidades. Os resultados começam a ser colhidos agora, como o nono lugar nas Olimpíadas do Conhecimento, e terão impacto no futuro de nosso Estado. Com profissionais mais qualificados e capazes de inovar, teremos uma indústria ainda mais competitiva. O prêmio de hoje fortalece a marca “Senai” e reconhece o trabalho realizado até aqui", explicou.

 

Já o diretor regional do Senai-ES, Luis Carlos Vieira, disse estar honrado com o reconhecimento. "Recebi essa notícia com muita satisfação e orgulho, porque o Senai faz parte da história do Brasil. Aqui no Espírito Santo estamos há 64 anos colaborando com a industrialização do Estado, sempre preocupados em manter nossa estrutura alinhada com as demandas do mercado. Nós continuaremos trabalhando para sermos referência entre os capixabas", sinalizou.

 

Por Fernanda Neves com informações da Rede Gazeta