Qualificação para superar crise

E-mail Imprimir

2016 qualificação

 

Cursos de aperfeiçoamento profissional ajudam a driblar o fantasma do desemprego

 

Como garantir ou manter seu emprego em tempos de crise e instabilidade econômica? Essa é uma pergunta constante no mercado de trabalho. E o panorama no Brasil atualmente não é bom. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego – Caged, o ano de 2015 se encerrou com 18.589 profissionais desempregados na indústria do Espírito Santo. Além disso, a produção física industrial capixaba registrou a 3ª maior queda do país recentemente (-26,3% em janeiro de 2016,segundo oIBGE). Para 2016, o prognóstico traçado pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Ideies), uma entidade do Sistema Findes, é de crise acentuada e recuperação lenta.

 

Diante de tantas incertezas, especialistas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Espírito Santo (Senai-ES) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-ES) acreditam que a qualificação profissional configura-se como uma excelente oportunidade para manter ou conquistar uma vaga de emprego. Nesse sentido, as entidades oferecem cursos de aperfeiçoamento em diversas áreas técnicas e gerenciais, com opções pagas e gratuitas e duração média entre 8 e 360 horas.

 

“Na visão do Senai, os cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional são bastante valorizados,por resultarememaumentoda produtividade do trabalhador, além de estimular o desenvolvimento detecnologias e dainovação dentro das indústrias, no que se torna uma estratégia crucial para enfrentar a crise atual”, analisa o gerente de Educação e Tecnologia do Senai-ES, João Marcos Dell Puppo. “Mesmo em cursos pagos, vale o investimento por parte do trabalhador, que tem sua função mais valorizada, podendo atéascenderdentro da empresa. Para quem está desempregado, a dica é buscar pelas opções gratuitas,informando-sena unidade do Senai mais próxima sobre as condições para acesso à vaga, ou optar por cursos mais rápidos e baratos”, completa o executivo.

 

Os cursos de aperfeiçoamento profissional oferecidos pelo Senai atendem às áreas de Alimentos e Bebidas, Automação, Automotiva, Construção Civil, Eletroeletrônica, Energias Renováveis, Gestão, Logística, Madeira e Mobiliário, Metalmecânica, Minerais não Metálicos, Polímeros, Refrigeração e Climatização, Segurança no Trabalho, Tecnologia da Informação, Têxtil e Vestuário. Os cursos são realizados nas unidades do Senai localizadas na Grande Vitória e também em São Mateus, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Nova Venécia, Venda Nova do Imigrante, Linhares e, ainda,por meiodas escolas móveis.

 

Atualmente o Senai está 880 vagas disponíveis nas unidades da Grande Vitória, com as aulas se iniciando entre abril e junho. No Senai Civit (Serra), são 555 vagas, com valores que variam de R$ 74,59 a R$ 1.796,12, dependendo da carga horária. Na unidade de Vitória (em Bento Ferreira), são 120 vagas, com valores entre R$ 140,08 e R$ 264,76. E há opções gratuitas (vagas limitadas) no Senai Araçás, em Vila Velha, com 205 vagas distribuídas em nove cursos, com carga horária entre 16 e 60 horas. A orientação do Senai é para que os candidatos se informem na unidade de interesse sobre a disponibilidade das vagas, pois a procura tem sido grande.

 

 

Mercado de trabalho também exige atitude e inovação

 

A crise econômica e o consequente aumento do desemprego demandam não somenteummaior conhecimento de sua profissão, mas tambémumamudança comportamental dentro da empresa. É o que aponta o superintendente doIEL-ES, Fabio Dias. “No momento atual de crise, as empresas não têm tempo para se lamentar a respeito das perdas. É hora de buscar soluçõesa partirde ideias inovadoras. O profissional que deseja se manter ou crescer dentro de uma empresa precisa não somente ter habilidade e conhecimento de seu ofício, mas também ter espírito de equipe, ser criativo e inovador”, enfatiza Dias. “Para cargos de nível gerencial ou analistas, é fundamental que se aperfeiçoe com, pelo menos, um curso por ano. Vivemos uma realidade em que é preciso reverperiodicamente processos, modelos de negócios e de gestão”,completa.

 

O IEL-ES oferece diversas opções de cursos de aperfeiçoamento voltados para profissionais como analistas e gestores (cargos de nível superior), que são os chamados Cursos Gerenciais de Curta e Média Duração. Os cursos são elaborados de acordo com as demandas das empresas, e são oferecidos tanto na Grande Vitória quanto nas unidades de atendimento do IEL nointerior do Estado (Colatina, Cachoeiro de Itapemirim, São Mateus, Aracruz, Nova Venécia, Venda Nova do ImigranteeLinhares).

 

“Os Cursos Gerenciais de Curta e Média Duração do IEL-ES possuem conteúdos transversais, pois lidam principalmente com temas comportamentais e de gestão de pessoas. Isso é extremamente importante tanto para se manter no emprego,quanto para buscar novas oportunidades”, afirma Fabio Dias. “O mercado de trabalho atualmente preza por três pilares: conhecimento, habilidade e atitude. As empresas contratam um profissional por causa de seu conhecimento e habilidade, mas invariavelmente demitem por conta de suaatitude.Porisso oIEL-ES foca seus cursos de curta e média duraçãonasquestões comportamentais, de postura dentro do ambiente de trabalho”, completa odirigente.

 

Alguns dos cursos de aperfeiçoamento oferecidos pelo IEL: Contabilidade Gerencial, Formação de Auditor InternodaQualidade, Liderança Produtiva – coach para resultados, Negociação e Estratégia de Vendas, Administração de Pessoal e Rotinas Trabalhistas, Gestão de Riscos Empresariais, Gestão para Alta Performance, Gestão de Relacionamento com o Cliente, Administrar e Conquistar Resultados, Sucessão Empresarial, entre outros. A tabela de preços pode ser consultada diretamente na entidade. Há opções de descontos de até 80% se a empresa for associada à Findes.

 

 

Por Fábio Martins

 

 

Infografia: Balaio

 

2016 Aperfeicoamento profissional