Senai-ES fecha parceria com o Governo do Estado

E-mail Imprimir

Acordo prevê realização de cursos técnicos e de aperfeiçoamento para jovens de baixa renda

 

 

O Senai-ES fechou parceria com o Governo do Estado nessa terça-feira (19) durante reunião do programa “Ocupação Social”. O acordo prevê a realização de 23 cursos gratuitos de até 400 horas de duração, em cinco áreas: Construção Civil, Alimentos e Bebidas, Gestão, Automotiva e Tecnologia da Inovação. São cursos como confeiteiro industrial, padeiro, almoxarife, auxiliar de logística e carpinteiro de obras, entre outros.

 

 

Participaram da reunião o diretor regional do Senai-ES, Luis Carlos Vieira, o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, e o titular da Secretaria Extraordinária de Ações Estratégicas, Evaldo Martinelli, entre representantes de outras entidades.

 

 

Os cursos atenderão à demanda do projeto “Ocupação Social”, em desenvolvimento pelo Governo do Estado, que pretende levar formação profissional para jovens com idade entre 16 e 24 anos, com o objetivo de reduzir o percentual dos que estão fora da escola e sem emprego. Os cursos serão oferecidos em 25 bairros de nove municípios, nos quais é alta a taxa de homicídios de jovens nessa faixa etária.

 

 

"Nós estamos prontos para iniciar o programa. Queremos colaborar e temos como ofertar um número variado de cursos gratuitos para atender a demanda dessa população mais jovem e vulnerável", salienta Luis Carlos Vieira.

 

 

Na ocasião, o diretor regional do Senai-ES apresentou alguns números, como a previsão de mais de 79 mil matriculas neste ano, e a capacidade da entidade de levar as opções de formação profissional a diversas regiões, por meio de suas 15 unidades móveis.

 

 

Para o secretário Evaldo Martinelli, coordenador do projeto, a formação de parcerias é importante para lidar com a realidade apontada no programa. "Sabemos da necessidade de trabalhar com educação e renda, principalmente com esses moradores dos bairros que concentram a maior vulnerabilidade. E buscamos parcerias que possam nos ajudar a oferecer novas oportunidades a esses jovens, hoje as principais vítimas de homicídios".

 

Também na reunião, o governador do Estado, Paulo Hartung, reforçou que 2016 será o “ano da oportunidade” para essa população moradora de áreas de maior risco social. “Cabe a nós, Governo e Sociedade Civil, nos mobilizarmos a favor deles", pontuou.

 

 senai parceria estado 2