Ações do Sistema Findes foram destaque durante Temporada Moda + Design

E-mail Imprimir

 

O especialista em gestão de pessoas Celso Simões apresentou sua palestra numa passarela, em meio a peças de tabuleiro gigantes

 

Vitrines cheias, relógios brilhantes, roupas de marca, homens de terno ou bermuda, mulheres em busca de uma peça de roupa. Diante dos três andares do edifício, bem no centro, ainda no térreo, uma passarela. Foi nesse ambiente, entre uma compra e um lanche na praça de alimentação do Shopping Praia da Costa, em Vila Velha, que aconteceu a Temporada Moda + Design, entre os dias 03 e 27 de setembro, com uma programação que uniu arte, moda e design em um só lugar.


Veja também: Outras ações do Sistema Findes ao Temporada Moda+Design

 

Foram 40 marcas exclusivas, 10 pop-us stores (lojas temporárias), 38 desfiles, 26 palestras, 22 workshops, 13 festas e shows, oito oficinas e quatro exposições. No total, 161 atrações “desfilaram” no shopping nos quase trinta dias de evento. O “Moda + Design” contou com o apoio do Sistema Findes, que promoveu palestras e workshops do Senai-ES, IEL-ES e Inova Findes, e também apresentações culturais realizadas pelo Sesi-ES, coordenadas pelo Conselho Temático de Economia Criativa da Findes – Conect.

 


O “Moda + Design” contou com o apoio do Sistema Findes, que promoveu palestras e workshops do Senai-ES, IEL-ES e Inova Findes, e também apresentações culturais realizadas pelo Sesi-ES, coordenadas pelo Conselho Temático de Economia Criativa da Findes – Conect.

 

Foco na Carreira

 

No último dia 24 de setembro, a Temporada Moda + Design (M+D), contou com uma das edições programadas da palestra “Foco na Carreira”, de Celso Simões, especialista em gestão de pessoas, além de um totem fixo do IEL-ES – presente em todos os dias do evento –, cujo objetivo foi captar alunos interessados em estágios e direcionar o currículo diretamente para as empresas. “Essas ações são voltadas para o público jovem disposto a aprender e a se introduzir no mercado de trabalho, principalmente num momento de crise, onde o mais capacitado sai na frente”, explicou Lorena Sathler, coordenadora de estágio do IEL-ES.

 

 

A analista da Unidade de Relacionamento com o Mercado da Findes, Gianine Mantovaneli, e a coordenadora de Estágio do IEL-ES, Lorena Stahler

 

Na passarela, similar a um tabuleiro de xadrez, o palestrante Celso Simões tinha que derrubar quatro peões, correspondentes aos quatro assuntos que ele aborda durante sua palestra. Passando sua experiência durante uma breve pausa “para tomar um sorvete de casquinha”, como ele mesmo disse, Simões falou sobre empreendedorismo, negociação e gestão de conflitos, criatividade e inovação e visão estratégica.

 


O totem de estágio do IEL-ES esteve presente durante todo o período da Temporada Moda + Design, sempre com estudantes se cadastrando para oportunidades no mercado de trabalho

 

A inserção do jovem no mercado de trabalho também foi um dos assuntos pontuados. Ele compara o trabalhador que iniciava sua carreira na empresa há 20 anos com os que iniciam hoje. “A geração anterior pensava em entrar na empresa e fazer carreira dentro dela, subir os degraus pouco a pouco. A nova geração tem novos olhares. Hoje eles não enxergam fronteiras. Eles vêem a hierarquia como algo maleável, baseando-se sempre na experiência, o que não os prende na carreira. Que o vínculo entre indústria e empregado seja infinito enquanto dure”, disse Simões.

 

E, para driblar a crise atual, o palestrante propõe olhar o mercado sob novos ângulos. “Se você vê apenas o ambiente competitivo com tudo estabelecido e dentro de padrões imutáveis, estagnado, talvez você esteja vendo o ‘oceano vermelho’’’, disse. “Devemos buscar novos mares, ter outras visões. Sair do comodismo e estagnação e buscar o ‘oceano azul’, onde existe demanda em ascensão a partir de ideias inovadoras”, aconselhou Simões.